É uma loucura fazer guerra para levantar a bandeira da paz, adverte missionário da Síria

ROMA, 12 Set. 13 (ACI/EWTN Noticias) .- O Pe. David Fernández, missionário argentino do Instituto do Verbo Encarnado, afirmou que os cristãos em Aleppo (Síria), levam sua cruz com fé enquanto vivem na incerteza e rezam para que não haja uma intervenção militar porque “é uma loucura realizar ações bélicas para levantar a bandeira da paz”.

Em declarações à agência Fides, o sacerdote disse que “a população vive na incerteza e no sofrimento, mas ninguém pensa que pode ser liberado com as bombas e mísseis de uma intervenção militar estrangeira. Também acho que é uma loucura realizar ações bélicas para levantar a bandeira da paz. Todos oramos para que não se realize esta intervenção, e recuperemos de verdade a paz”.

O missionário argentino descreveu Aleppo como uma cidade sitiada pelas tropas rebeldes, onde “os fornos estão fechados, já que se carece inclusive da farinha para fazer o pão; não se pode dormir nem de dia nem de noite pelo barulho dos enfrentamentos e bombardeios que acontecem nos subúrbios da cidade”.

“Em meio de tudo isto muita gente leva sua cruz com fé e valor, pedindo o dom da paz a Deus, o único ao que ainda confiam suas esperanças”, afirmou.

Exemplo disso é que em agosto, na paróquia católica de rito latino, pregaram-se retiros para jovens, para as religiosas e mães. Nestes dias se está realizando outro para os sacerdotes, no que participam sacerdotes de diversos ritos.

(Fonte: Agência Zenit)