Atentado contra a Igreja Católica na Faixa de Gaza

Foto: Gringer (CC BY-SA 3.0)

Roma, 03 Mar. 14 / 12:04 pm (ACI).- Na noite entre quarta e quinta-feira, 26 e 27 de fevereiro, desconhecidos explodiram uma bomba a mão no pátio daigreja católica (de rito latino) de Gaza, no bairro de Zeiun, ao sul da cidade. A explosão, em plena noite, não causou danos a pessoas ou coisas. Nos muros que rodeiam a igreja foram escritas frases de ameaças contra os cristãos.

“O fato é grave”, disse à agência vaticana Fides, o bispo William Shomali, vicário patriarcal do Patriarcado Latino de Jerusalém, “mas o pároco e seus colaboradores continuam a trabalhar ao serviço da população de Gaza, sem qualquer medo de intimidação”.

“O governo de Hamas logo condenou este ato. Os representantes de Hamas manifestaram sua solidariedade e a intenção de prender o quanto antes os criminosos. Isto nos tranquilizou”.

Também o Centro palestino dos Direitos do Homem (PCHR) condenou o atentado, pedindo que seja aberto um rigoroso inquérito para identificar e prender os responsáveis.

Não é a primeira vez que na Faixa de Gaza – onde o poder está nas mãos da organização islâmica Hamas desde 2007 – são atingidos objetivos cristãos. Em 2011 uma bomba foi lançada contra o diretor do local Hospital anglicano, que ficou ileso.

(http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26787)