Jornalista norueguesa é impedida de se apresentar com Cruz no pescoço

Noruega (Terça-feira, 12-11-2013, Gaudium PressRecentemente, uma das jornalistas mais apreciadas e conhecidas da televisão pública da Noruega, Siv Kristin Sællmann, foi impedida de se apresentar diante das câmeras.siv_kristin_sællmann.jpg

O motivo parece banal: em uma das vezes em que conduzia o telejornal diário da região alguns espectadores entraram em contato com a emissora protestando energeticamente contra uma pequena cruz de 1,4 centímetros que a jornalista portava em seu pescoço.

Os telespectadores, em sua maioria expoentes da comunidade islâmica local, acusavam a apresentadora de ofender o Islã ao portar aquele objeto em seu pescoço durante a transmissão do telejornal. “Essa cruz ofende o Islã”, “Esse símbolo não garante a imparcialidade do canal”, foram algumas das acusações.

O caso recorda a história de Nadia Eweida, aeromoça da British Airways que sofreu discriminação dos seus superiores que lhe impediram de levar no pescoço uma pequena cruz enquanto trabalhava. (EPC)

Com informações do Vatican Insider.

(Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/52859#ixzz2kWKME1gc )