Em restauração o Cristo redentor do Rio de Janeiro

120 dias e 833 mil dólares para restaurar a famosa escultura, símbolo da cidade. A obra, visitada a cada ano por 700 mil turistas, não será fechada ao público

Por Redacao

ROMA, 18 de Fevereiro de 2014 (Zenit.org) – O Cristo Redentor do Rio de Janeiro está sendo reformado. A célebre estátua no topo do Corcovado, que dos seus 710 metros de altura embeleza a cidade e é símbolo e ponto de referência para mais de 700 mil turistas.

Um grupo de trabalhadores especializados em operações em grandes altitudes começou nesses dias os trabalhos de restauração da escultura, depois da benção do arcebispo, mons. Orani João Tempesta, próximo cardeal no consistório do 20 de fevereiro.

Realizado em 1931, medindo 28 metros e pesando cerca de 700 quilos, o Cristo Redentor é patrimônio histórico do Brasil, e em 2007, foi proclamado uma das sete maravilhas do mundo. Vai demorar pelo menos quatro meses para restaurar o dedo polegar da sua mão direita atingido no dia 17 de janeiro desse ano por um raio durante uma violentíssima tempestade que afligiu o Rio de Janeiro.

Os trabalhos de restauração serão inteiramente financiados pela arquidiocese e por empresas privadas. O acordo prevê uma despesa total de 833 mil dólares. Durante os 120 dias de operação, que se limitará às mãos e à cabeça, a obra não será fechada ao público.

(Trad.TS)

(Zenit)