Dois adolescentes assassinam amiga em ritual nos EUA

Foto: Photodune.net

NOVA IORQUE, 14 Fev. 14 / 10:15 am (ACI).- O caso de dois jovens que confessaram ter assassinado brutalmente uma amiga da escola em um suposto ritual satânico vem gerando comoção nos EUA.

Segundo diversos meios de comunicação norte-americanos, os adolescentes enfrentarão a pena de morte se forem declarados culpados. Os acusados têm 17 e 16 anos de idade. Ambos convidaram Corriann Cervantes, uma jovem de 15 anos a sair com eles e a levaram a uma casa abandonada. A garota estudava na mesma escola e confiou em seus companheiros.

Segundo as autoridades, Corriann foi torturada até a desfiguração, golpeada, asfixiada e estuprada. Os rapazes cravaram uma chave de fenda no crâneo da menina e gravaram um crucifixo invertido no abdômen da vítima.

Os acusados são José Reyes, de 17 anos, e um menor (mantido anônimo) de 16 anos. O assassinato da jovem, assinalam os investigadores, teria sido “a forma de venderem suas almas ao diabo”.

Reyes foi detido no domingo após ser entregue por seus pais aos quais havia confessado parte do ocorrido. No momento, o menor está detido em um centro carcerário juvenil.

Na terça-feira Reyes se apresentou na Corte. Durante a audiência confessou ter assassinado ao Cervantes e sorriu para as câmaras dos canais de televisão que cobriam o caso.

Os pais da vítima não explicam os motivos que tiveram os adolescentes para cometer este crime.

(http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26703)