Vaticano organiza concurso internacional de música sacra

Roma – (10-01-2014, sexta-feira, Gaudium Press– Há séculos que a música sacra é uma parte fundamental dentro da liturgia da Igreja Católica. Por isso, o Vaticano convocou compositores de todo o mundo para manter vivo este gênero musical.

Um dos festivais de música sacra mais antigos da Itália, o “Sagra Musicale Umbra”, acolhe esta iniciativa e realizará um concurso internacional que será nomeado Concurso Francesco Siciliani,

Alberto Battisti, que dirige o Concurso, informou que “Na primeira edição, tivemos 210 participantes de todo o mundo. Eles vieram de todas as partes: Japão, Filipinas, lugares verdadeiramente distantes”.

Neste ano os organizadores esperam superar o número dos participantes de edições anteriores.

O Cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, foi quem idealizou este certame.

Os compositores que queiram participar podem enviar suas propostas até o próximo mês de junho.

Alberto Battisti informa que “os participantes devem enviar suas composições no estilo e língua que desejarem: com coro, com ou sem órgão. Porém, as composições devem partir do Pai Nosso, tema escolhido para o concurso deste ano”.

Cada peça será examinada separadamente por um juri internacional que não saberá quem é o compositor do trabalho que estiver sendo julgado. As três peças finalistas terão que ser apresentadas ao vivo na “Sagra Musicale Umbra”, em setembro de 2014.

Cada peça será interpretada por um dos coros mais famosos do mundo, o “Saint Jacob’s Chamber Choice”, de Estocolmo.
O corpo de jurados, a audiência e os críticos musicais decidirão quem será o vencedor.

O diretor do concurso comentou que “não existem muitas composições de prestígio feitas a partir do Pai Nosso. Então, disse, com novas versões, esperamos acrescentar uma grande contribuição ao repertorio musical”.

Há vários anos a Igreja tem procurado compositores capazes de transmitir a emoção e o sentimento que só a música sacra pode dar. Agora o Vaticano procura novos talentos para continuar com esta parte essencial dentro da cultura católica. (JSG)

Da redação, com informações Rome Reports

(http://www.gaudiumpress.org/content/54697#ixzz2qHD7B2Zr )

Deixe uma resposta